domingo, 24 de setembro de 2017

CARTUM na Bruscomix


Na tarde do último sábado, 23, rolou a oficina de Quadrinhos da Revista CARTUM, dentro da programação da I Bruscomix, realizada simultaneamente com a 9ª Feira do Livro, na Fundação Cultural de Brusque.
Foi explicado, na medida do possível, dentro do curto espaço de uma hora, como é o sistema produtivo de seu autor Aldo Maes dos Anjos, estabelecido ao longo de 16 anos de produções intensas.

Os participantes Marco, Alceu (de Pomerode), Tobias, Cris, Bruno, Felipe, Ana Luiza, Giovanna, Lenilson (de Itajaí), Mariana (de Itajaí), Marina, Pablo e Sidnei (de Barra Velha), receberam um resumão básico dos detalhes que compoem as hqs. Na sequência, puderam criar um personagem original e repetí-lo com diferentes expressões faciais e movimentos corpóreos, feitos a partir de um boneco articulado. No final, ainda deu tempo para todos desenvolveram uma tirinha de 3 quadrinhos com o seu personagem. No encerramento, alguns dos participantes ganharam caricaturas.


No domingo, foi a vez de protagonizar uma "live" no Facebook, através do celular do organizador do evento Jonathan Schiells, que ficou intermináveis 45 minutos filmando a arte final em uma página (que será publicada na edição 116, de outubro) e serviu de demonstração de como são desenhadas as páginas da revista, para os que já são desenhistas e para os que nem imaginam a trabalheira que dá...


A primeira Bruscomix, de muitas que ainda virão, conseguiu a proeza de reunir no mesmo recinto grandes artistas como os imortais Henry e Fafá Jaepelt e o retratista Carlos Heck e sua precisão cirúrgica na ponta do lápis, todos de Timbó-SC, As desenhistas Anne Winter e Lais, de Joinville, e o brilhante quadrinista curitibano Adriano Loyola, além de outros artistas e comerciantes do universo geek que movimentaram a 9ª Feira do Livro do Município de Brusque-SC.



Fica registrada a gratidão ao idealizador deste festival, Jonathan Schiells, por todo o seu empenho na realização da Primeira Bruscomix, contribuindo no incentivo ao hábito da leitura, à contemplação de obras artísticas e movimentos culturais, além da própria valorização da obra e do artista nacional. É preciso valorizar o fomentador de cultura, aquele que dedica seus dias para que EXISTA  a cultura.
Ano que vem, tem mais. Grande abraço a todos!!!

Nenhum comentário:

LIVRO: "Revista CARTUM 18 Anos: QUADRINHOS ANO APÓS ANO"

IMPORTÂNCIA DA LEITURA Todos sabemos os benefícios do hábito da leitura. Quem lê com frequência é mais articulado e encontra mais facil...