quarta-feira, 30 de março de 2016

Entrevista 30/03/2016

Segue na íntegra, a entrevista com o autor das revistas CARTUM feita pelo Vitor Hochsprung e publicada no segmento "Like" do jornal Municipio Dia-a-Dia em 30/03/2016:
1.       Aldo, onde surgiu o seu interesse pelo universo dos quadrinhos?

O interesse surgiu a partir da minha mãe que fazia leituras diárias dos quadrinhos dos jornais depois do almoço e de gibis antes de dormir desde os meus 3 anos de idade. Por conta disso já aos 4 anos, antes de entrar no jardim eu já sabia escrever, ler e, é claro, desenhar.
Durante a infância cheguei a ter mais de 2000 revistas em quadrinhos. Até os 15 anos eu já tinha desenhado mais de 50 revistas em quadrinhos (numa média de 30 páginas cada) com personagens próprios e roteiros originais. Com certeza é coisa de quem gosta dessa atividade.
                               
2. Por que você resolveu personificar a cidade de Brusque em suas páginas, tanto no cenário, quando de maneira histórica, com a Brusque Ontem?

A tiragem de cada revista é de 3500 exemplares. Cada revista acaba sendo lida por diversas pessoas numa mesma família, ou em salas de espera, por exemplo. Levando em consideração tamanho alcance social, a revista CARTUM é projetada para levar conhecimentos úteis aos seus leitores, prestando um serviço de utilidade pública. No caso da “Brusque Ontem”, o objetivo é resgatar a memória local, sendo fortalecida tanto nesta como nas próximas gerações.
Os cenários da Brusque atual são para incrementar as histórias, mesmo, gerando uma curiosidade no leitor de reconhecer os locais e as pessoas que são ali retratadas..

3. Considerando que muitas vezes as HQs são umas das primeiras literaturas que passam por uma criança, qual você acha que é a sua responsabilidade nesse ponto?

A ética é um compromisso desde o início da revista CARTUM, oferecendo uma opção para entretenimento sadio, sem palavrões, pornografia ou piadas de gosto duvidoso, que já ocupam um espaço considerável na mídia em geral. Com certeza minha responsabilidade é atrair os leitores de todas as idades com um bom humor autêntico e agregar informações úteis que vão aumentar os conhecimentos destes indivíduos.

4. Atualmente você trabalha com histórias cômicas que retratam tanto o cotidiano, como a história brusquense. Por que escolheu o estilo cômico? Você pensa em trabalhar com algo diferente, tipo Super Heróis?

Prefiro o estilo cômico porque pretendo deixar os leitores mais leves do que estavam antes de pegar a sua CARTUM, livrando-o de tensões e alimentando sua serotonina (o hormônio do bem estar).
Super-heróis não estão fora de cogitação. Mas não sou um admiror de super poderes da ficção. Prefiro chamar de heróis os guerreiros do dia a dia: aqueles que cumprem jornadas de trabalho esgotantes com um sorriso no rosto, contentes e agradecidos. Aqueles que apesar de intensas dificuldades ainda conseguem ter fé e visualizar um futuro melhor. E também os humilhados, os excluídos e os injustiçados que apesar de tudo ainda conseguem perdoar e desejar o bem. Esses são meus super heróis.

5. As personalidades retratadas na Cartum são diversas. As ideias na criação de diversos personagens surgiram através das pessoas que te rodeiam ou de outra forma?

São os estereótipos sociais: os tipos que se vê em todo lugar... tem o pão duro, o comilão, o pessimista, o obcecado pela limpeza do carro, o viciado na vida virtual, a fofoqueira, etc.
A consequência é que o leitor acaba se comparando aos personagens, refletindo até que ponto se familiariza com tais comportamentos e quem sabe, corrigindo algum defeito.

6. Que dica você daria pra quem tem interesse em produzir uma HQ?

Que pratique muito o seu traço, pois a evolução é consequência da persistência.
E que se mantenha aberto observando o mundo sem preconceitos, conhecendo outras culturas, outras formas de pensamento, ouvindo os mais velhos, interagindo com todas as classes sociais e todas as linhas de pensamento de uma maneira desapegada. Pois você não produz uma arte para um grupo específico, e sim, para o mundo.

sábado, 26 de março de 2016

Jogo da Memória CARTUM

Faça uma assinatura anual das revistas CARTUM e receba um kit CARTUM, com diversos itens, inclusive um JOGO DA MEMÓRIA com os personagens da revista.


Os benefícios que o Jogo da Memória proporciona para seus praticantes são imensos!!

Estimula o raciocínio e a memória fotográfica, contribuindo para uma melhor desenvoltura cerebral;

Desenvolve a consciência e a importância de ganhar e perder;

Jogos com regras proporcionam a noção de disciplina e respeito, incentivando a socialização, formando amizades e fortalecendo os laços de afeto entre pais e filhos.


Faça a sua assinatura anual da CARTUM e receba o seu kit, contendo:

1 camiseta divertida (P, M, G ou GG);
1 jogo da Memória;
1 jogo do Uruca;
2 revistas antigas;
2 adesivos.
E também os (pelo menos) 17 lançamentos de 2016.


Entre em contato, para maiores detalhes: revistascartum@gmail.com .

OPINIÃO DO LEITOR

Parabéns, Aldo Maes Dos Anjos!! Seu trabalho gera alegria, desperta a sabedoria e a curiosidade, traz informação positiva, gera prosperidade !! Na sua simplicidade e humildade você ilumina muitas pessoas !! Parabéns pelo trabalho brilhante !! Namaste


Didier B S Grotti

domingo, 20 de março de 2016

BONUS PAGE da CARTUM 101

A BONUS PAGE significa uma EXTENSÃO DO FINAL de 

algumas das histórias principais da revista CARTUM, e 

não aparece publicada na revista: só é vista aqui no link 

de notícias do site ou na página do face para aqueles 

que a curtiram.

Um complemento na leitura dos amigos que acompanham a divulgação virtual das revistas CARTUM.


Esta BONUS PAGE é uma continuação da história "Reciclando os Hábitos", publicada na revista CARTUM nº 101 (março 2016), nas páginas 3 a 9. Portanto, só vai entender o seu sentido quem leu a revista primeiro.
...e pra quem não leu, resta fazer uma assinatura anual ( www.revistascartum.com.br ) e garantir o seu exemplar!
No dia 15 de abril, teremos uma nova BONUS PAGE sendo publicada. Aguarde!!

terça-feira, 8 de março de 2016

CARTUM CENTO E UM

Chegando nas mãos dos leitores a partir do dia 14 de março a primeira edição da Revista CARTUM em 2016: a edição nº 101!! São 3500 exemplares distribuídos gratuitamente, divulgando os seus anunciantes em 125 lugares de Brusque e Guabiruba, e um pouco ainda vai para São João Batista e Nova Trento. 


Na história principal, "Reciclando Os Hábitos", o Sr. Gumercindo dá uma bem-humorada aula sobre a importância da reciclagem do lixo doméstico, enquanto a Vó Constância lembra sobre os benefícios da compostagem do lixo orgânico.


No segmento BRUSQUE ONTEM, relembramos o costume folclórico de representar o BOI-DE-MAMÃO, além de comparar os hábitos gastronômicos dos imigrantes alemães, que na Europa consumiam a farinha de trigo e na América do Sul tiveram que se adaptar com a farinha de mandioca.


Também vai ter Aprenda Inglês Dando Risada, Opinião do Leitor e a Dica CARTUM (para verificar se um ovo está estragado ou não).
Na coluna do Trânsito Consciente, vamos apresentar a primeira remessa de placas de advertência e os seus significados.
As Palavras Cruzadas listam os principais campeões do Campeonato Carioca de futebol.


A piada clássica desta edição é sobre o aterrorizante monstro "Mala Man". A revista vai trazer ainda 5 tiras e uma divertida micro-biografia de Cristóvão Colombo: "Um Conquistador Enganado".


Tudo isso desenvolvido com o máximo de capricho para que seus leitores possam desfrutar de uma divertida leitura, com ética e bom senso



Garanta já o seu exemplar fazendo uma assinatura anual!!


CRONOGRAMA DE LANÇAMENTOS 2018

Caro Assinante: Confira se recebeu corretamente todas as edições já lançadas em 2018. Caso não tenha recebido algum exemplar, favor co...