quarta-feira, 30 de maio de 2018

CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 4: Sombras da Verdade.

Nesta quarta parte da sequência de grupos temáticos das capas da Revista CARTUM, vamos apresentar as famosas SOMBRAS DA VERDADE, revelando os sentimentos mais íntimos de seus proprietários. Afinal, QUEM VÊ CARA NÃO VÊ SOMBRA... QUERO DIZER, CORAÇÃO.


Na revista Cartum nº 09 (junho 2003) encontramos a sombra de um tremendo sem vergonha: o conquistador inveterado Pafúncio Antunes.

Na CARTUM 21, em maio de 2006, um funcionário insubordinado demonstra sua irritação com seu exaltado patrão através de uma sombra irreverente.

 Em maio de 2008, na edição 36, um jovem casal apaixonado simboliza a tremenda perda de tempo que é a falta de harmonia conjugal.

Enquanto que na Cartum nº 51, (março 2010), o nosso querido amigo Gordo (e sua imensa sombra) representam seu descontrole alimentar ao aproximar-se de guloseimas.

Em maio de 2012, na sua edição de número 70, a revista CARTUM apresenta através da sombra do Pafúncio,o real sentimento do nosso herói ao ouvir o seu nome ser chamado  no consultório do dentista Oscar Iado.

Em outubro de 2012, na revista 74, a sombra da Vó Constância e seus hábitos saudáveis contrasta com as de dois jovens saudáveis e seus hábitos prejudiciais.

Na edição 89, de setembro de 2014, o candidato a "sugador de tributos públicos" Omar Ajá define com a sua sombra o sentimento presente nas suas abordagens aos eleitores durante as suas campanhas eleitorais.

A charge presente na capa da Cartum 98, de outubro de 2015, sinaliza o nível de coragem em nosso amigo Pafúncio.

E, finalmente, na edição 114, de maio de 2017, a Sombra da Verdade aponta um desejo reprimido no sempre sisudo Senhor Gumercindo.

Aguarde a próxima Sombra da Verdade em alguma edição futura da Revista CARTUM!!!


Em breve, estaremos postando a QUINTA parte da Série CAPAS MEMORÁVEIS, lembrando das 9 capas comemorativas de aniversário da Revista CARTUM.

 Para ver as CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 1: Pintura Realista, acesse:



 Para ver as CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 2: Interações Espantosas, acesse:

 Para ver as CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 3: Pipa do Tavinho, acesse:

segunda-feira, 28 de maio de 2018

O OUTRO Pafúncio.

Este aqui abaixo é o Pafúncio que todo mundo conhece, das histórias da revista CARTUM, mas antes dele houve um OUTRO PAFÚNCIO!!




Quando batizei o personagem narigudo e com barbicha acima de PAFÚNCIO, eu nem imaginava que já tinha existido um outro personagem com esse nome, o qual foi desenhado nos EUA entre 1913 e 2000 (no ano seguinte, em 2001, foi publicada a primeira revista CARTUM com o Pafúncio daqui). O Pafúncio de lá parou de ser publicado no Brasil em 1970. 
Naquela época, eu conhecia muito pouco de quadrinhos e nem sonhava em poder fazer pesquisas na internet. O nome Pafúncio eu escolhi por ser um nome raríssimo e dificilmente as atitudes incomuns do Pafúncio (personagem) iriam ofender ou chatear alguém com o mesmo nome que pudesse vir a ser perseguido pela comparação. Eu costumava ler esse nome em histórias do Penadinho, o fantasma da turma da Mônica. Muitas histórias traziam esse nome como fantasmas recém desencarnados que apareciam no cemitério, de repente. A escolha deste nome, por parte da equipe do Maurício de Souza, provavelmente deveria ter motivos semelhantes.

Conheça um pouco mais sobre o Pafúncio "desativado", através da resenha publicada no Guia dos Quadrinhos:

Nome original: Jiggs

Licenciador: King Features Syndicate

País de origem: Estados Unidos da América

Criado por: George McManus



O hilário Pafúncio foi criado para os jornais americanos em 1913, dentro da série “Bringing Up Father”, publicada em forma de tiras em preto-e-branco. Trata-se de um imigrante irlandês que ficou milionário apostando em cavalos de corrida. 




O curioso é que, no início, a personagem em destaque da série era a filha Nora, e é por isso que a historieta tem o nome de “Bringing up father” (que significa “Educando papai”), pois cabia à fina e sofisticada moça educar o pai ignorante e sua mãe, a feiosa Marocas. Mas a bela Nora acabou desaparecendo com o passar dos anos, ficando em destaque seus engraçados pais, a ponto da série ficar conhecida no Brasil de “Pafúncio e Marocas” (ou “Vida apertada”). 




Apesar de rico, Pafúncio é rejeitado no “jet set”, por seu jeito novo-rico, boêmio e mulherengo, para desespero de sua "patroa", a feiosa, brega e ciumenta Marocas, que sonha em entrar na fina roda. 




Para criar a HQ, o autor teria se inspirado em “The rising generation", comédia musical de William Gill e estrelada por Billy Barry, um humorista irlandês baixinho e gordinho que interpretava um personagem chamado Martin McShayne. 




E Pafúncio foi ganhando cada vez mais popularidade. Em 1918 surgiu a página dominical colorida. 10 anos depois, um filme com J. Farrell MacDonald como Pafúncio. A partir de 1946, Joe Yule estrelou um longa que deu origem a quatro sequências: “Jiggs and Maggie in society” (“Pafúncio e Marocas na sociedade”, 1947), “Jiggs and Maggie in court” (“Pafúncio e Marocas na corte”, 1948), “Jiggs and Maggie in Jackpot Jitters” (1949), “Jiggs and Maggie out west” (1950). 




A historieta durou 87 anos, sendo publicada até 28 de maio de 2000. No Brasil, a página dominical de “Bringing up father”, com a assinatura de McManus, foi publicada no jornal “Diário da Noite”, sem as cores, como “Vida apertada”. Ao que parece, a última tira de “Vida apertada” publicada no “Diário”foi em 1951. As tiras diárias (em preto-e-branco) também foram publicadas em diários brasileiros, como “O Globo” (que as publicou entre os anos 50 e 70).

- Antônio Luiz Ribeiro








sábado, 26 de maio de 2018

PARALISAÇÃO DOS CAMINHONEIROS

A BOA NOTÍCIA é que a Revista CARTUM nº 121, referente a maio de 2018 está pronta para entregar, super divertida, com uma leitura prazerosa e gratuita para quem curte!

A MÁ NOTÍCIA é que devido à paralização dos nossos heróis caminhoneiros, a revista está retida na transportadora e não seguiu viagem para sua distribuição mensal, como de costume. Mas uma hora ela chega. 

VAMOS TER UM POUQUINHO DE PACIÊNCIA E TORCER PARA QUE ESTE PROTESTO REPERCUTA EM BRASILIA!!

sexta-feira, 25 de maio de 2018

CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 3: Pipa do Tavinho.

A série de posts "Capas Memoráveis", tem o objetivo de relembrar grupos de capas com temáticas semelhantes. Já foram apresentadas as sete capas onde o Pafúncio é um pintor de quadros, e também as oito capas com os personagens interagindo com animais ou coisas inanimadas. Agora é a vez da PIPA DO TAVINHO se enroscando em objetos voadores não identificados...

Na edição nº 107, de novembro de 2017, a pipa do Tavinho enroscou no DRAGÃO DA GUABIRUBA, bem pertinho da Igreja Matriz desta cidade.


Antes disso, a pipa havia enroscado na VASSOURA VOADORA de uma bruxa, na CARTUM 107, de outubro (mês do Halloween) de 2016.



 E quem não se lembra do Natal de 2014, quando a linha da pipa entrelaçou a galhada de uma das renas do TRENÓ DO PAPAI NOEL, na capa da revista nº 91, de dezembro daquele ano.


Mas a primeira capa onde ocorreu esse tipo de imprevisto foi a nº 73, de setembro de 2012, quando a pipa grudou em uma NAVE ALIENÍGENA.



Na semana que vem, estaremos postando a QUARTA parte da Série CAPAS MEMORÁVEIS, lembrando das capas onde meros personagens coadjuvantes se tornaram os protagonistas.

 Para ver as CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 1: Pintura Realista, acesse:

http://revistascartum.blogspot.com.br/2018/05/capas-memoraveis-parte-1.html


 Para ver as CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 2: Interações Espantosas, acesse:

http://revistascartum.blogspot.com.br/2018/05/capas-memoraveis-parte-2-interacoes.html

terça-feira, 22 de maio de 2018

Revista CARTUM nº 121

Está chegando por aí uma revistinha em quadrinhos DE OUTRO MUNDO...



Na edição 121, deste mês da Revista CARTUM, a Família mais engraçada dos quadrinhos é SEQUESTRADA POR ALIENÍGENAS que vieram em uma missão intergalática, buscando um OBJETIVO SECRETO. O que será tão precioso assim para os extraterrestres? E por que justamente na casa do Pafúncio? Descubra estas respostas lendo a história "A FAMÍLIA ABDUZIDA".


No segmento BRUSQUE ONTEM, teremos a história "IMPRENSA & POLÍTICA", onde vamos falar sobre a influência política exercida pela imprensa brusquense durante o século passado pelos jornais "O Rebate" e "O Município". A imprensa é valiosa fonte de pesquisa para os historiadores por refletir o contexto de determinada época. 



Na PIADA CLÁSSICA, a professora Laura conversava com os seus alunos a respeito do bom comportamento social. Até chegar a vez do Tavinho levantar a mão...



Também tem uma história em quadrinhos destinada à reflexão dos leitores: "AGRADEÇA PELO QUE TEM", faz a gente pensar um pouquinho a respeito da gratidão pura e sincera, e da conformidade com a nossa situação atual.



Isso tudo, além dos tradicionais setores:

APRENDA INGLÊS DANDO RISADA ( Gumercindo e o seu patrão)
DIREÇÃO DEFENSIVA (O Veículo - parte 1)
PALAVRAS CRUZADAS (todos as 24 seleções que foram semifinalistas em alguma das 20 Copas do Mundo)
1 TIRINHA inédita.

Os assinantes vão receber um exemplar da CARTUM 121, um exemplar da Revista da COPA DO MUNDO  e um adesivo divertido da Copa do Mundo, entre os dias 25 e 28 de maio de 2018.
A todos uma boa leitura e uma boa torcida pela seleção!!

Veja como fazer a sua assinatura anual no link abaixo:

http://revistascartum.blogspot.com.br/2016/11/promocao-de-natal-da-cartum.html

Para publicar um anúncio na revista acesse:

http://revistascartum.blogspot.com.br/2018/05/divulgue-sua-empresa-nas-revistas-cartum.html

segunda-feira, 21 de maio de 2018

CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 2: Interações Espantosas.

A capa de uma revista é o seu cartão de boas vindas. Nos últimos 17 anos, foram publicadas quase 3 centenas de edições diferentes, cada uma com a sua respectiva capa. Dentre todas elas, existem com certeza, alguns grupos de CAPAS MEMORÁVEIS.
Neste post, vamos relembrar as INTERAÇÕES ESPANTOSAS. Os momentos em que alguns personagens interagiram com animais, estátuas e outras coisas inanimadas.




Neste dia a piada foi tão boa que até o busto do Olavo Bilac (colocado a frente do prédio da Fundação Cultural de Brusque) achou graça. Cartum 113, de junho de 2017.

Em 2016, houve duas interações com a estátua do Cônsul Carlos Renaux, na Praça Barão de Schneeburg. Congelando no frio de maio, na CARTUM 103 e fervendo no calor de novembro, na edição 108.
Também teve uma piada que foi lida nos jardins em frente ao Museu Histórico do Vale do Itajaí Mirim, ou simplesmente a "Casa de Brusque", que contagiou a estátua Joana, a qual não conseguiu conter os seus risos. Cartum 90 - Outubro 2014.

 Quem também não se aguentou ao ouvir uma piada clássica da CARTUM foram os marrecos posicionados em frente ao Pavilhão de Eventos Maria Celina Vidotto Imhof, na edição 66, de outubro de 2011.




Em outubro de 2009 foi a estréia da estátua do Cônsul Carlos Renaux nas páginas da Revista CARTUM, edição de nº 49. Depois ela apareceu também nas edições 103 e 108.


Na edição 44, de abril de 2009, as piadas da CARTUM fizeram os animais do Jardim Zoológico rirem muito.


E finalizando com a INTERAÇÃO ESPANTOSA precursora, que ocorreu na CARTUM nº 22, de julho de 2006, onde um busto anônimo fez pose pra sair na foto.


Daqui a alguns dias, estaremos postando a terceira parte da Série CAPAS MEMORÁVEIS, lembrando das 4 situações onde a PIPA DO TAVINHO enroscou em algum objeto voador não identificado.

 Para ver as CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 1: Pintura Realista, acesse:

http://revistascartum.blogspot.com.br/2018/05/capas-memoraveis-parte-1.html


sábado, 19 de maio de 2018

Adquira uma Camiseta CARTUM !!

Agora a Revista CARTUM invadiu o mundo fashion!!!





Chegaram as primeiras camisetas com dupla estampa: diversão na frente e nas costas!

                            



Modelos P, M, G e GG.

As camisetas serão presenteadas a todos que fizerem uma assinatura anual da revista CARTUM para 2018. A promoção atual do sistema de assinatura, você confere no link abaixo:

http://revistascartum.blogspot.com.br/2016/11/promocao-de-natal-da-cartum.html















Quem quiser comprar só a camiseta, o custo fica em R$ 40,00. Entrega grátis para quem reside em Brusque / SC . Para outras cidades, o valor será de R$ 50,00 incluindo as despesas postais.

Para efetuar uma compra, basta depositar o valor determinado na conta abaixo e comunicar o depósito através do e-mail: revistascartum@gmail.com, ou whatsapp47 9 9956 4787.
Não esqueça de especificar o pedido, informando quantidade, tamanho e cores.

Conta Corrente BRADESCO, nº 102.722-0, Agência: 337, em nome de Aldo Maes dos Anjos.


Cores disponíveis das camisetas: BRANCAAZUL MARINHO E VERMELHA.
TRATA-SE DE UMA EXCELENTE OPÇÃO PARA PRESENTE, original, confortável e durável!!

quarta-feira, 16 de maio de 2018

CAPAS MEMORÁVEIS - Parte 1: Pintura Realista.

A capa das revistas CARTUM representa um cartão de visitas desta manifestação artística aos leitores desavisados que ainda não conheciam. Quem pega a revista CARTUM pela primeira vez em suas mãos vai imediatamente analisar a capa. Se for uma charge bacana, engraçada e que deixe uma boa impressão, este curioso intérprete de imagens se tornará um leitor da revista. Caso contrário, se a piadinha for sem graça, desenhada às pressas ou mal elaborada, corre o risco dessa pessoa largar a revista no balcão onde estava e não se interessar mais pela Cartum por um bom tempo.

No total, já foram produzidas perto de trezentas capas. Dentre elas, temos algumas que foram memoráveis. Vamos relembrar aqui as capas que apresentam o Pafúncio como um PINTOR DE QUADROS! Até o momento foram 7 edições com esse tema. Confira abaixo:


 Na edição 116, em outubro de 2017, a pintura REALISTA foi de uma maçã bichada, mas só a da tela.

Na edição 110, de março de 2017, a Iolanda se produziu toda para ser a musa da vez, mas só saiu um boneco palito.



Na edição 99, de novembro de 2015, O Pafúncio foi pintar um cachorro manso mas pintou ele brabo.


O sapo faminto do brejo foi pintado na edição 92, de março de 2015.


E o gato guloso saiu na edição 72, de julho de 2012.



Nos primórdios, tivemos um lenhador desalmado que não esperou nem o quadro ficar pronto, na edição 39, de agosto de 2008.


Mas a primeira capa que denunciou este hobbie do nosso talentoso amigo, foi a edição 23, de setembro de 2006, e o seu quadro inacabado.


Em breve teremos novas telas deste nosso carismático artista. Na sequência, serão publicadas as capas com o tema: "INTERAÇÕES ESPANTOSAS", onde animais, estátuas e outros seres inanimados interagem com os personagens.  AGUARDE!!

Revista CARTUM nº 122 - Especial de 17 Anos

Dezessete anos passam voando, não é mesmo? Parece que foi ontem que a primeira edição estava sendo publicada... Então, em junho de 2018,...