domingo, 25 de março de 2018

A Função Social de um Quadrinista

QUEM SOU?
Permita-me que eu me apresente: me chamo Aldo Maes dos Anjos e produzo a revista em quadrinhos CARTUM, já há quase 17 anos. Muitos amigos consideram a minha atividade uma perda de tempo inútil. Tem uma prima minha que, com muito carinho e preocupação com o meu bem-estar, me sugeriu fazer um curso de avaliação profissional e arrumar um emprego..."Pense nos teus filhos!", ela me disse. Mas não tem jeito. É isso que eu gosto de fazer e pretendo fazer até o final da minha vida, mesmo que tenha que carregar uns pedregulhos e matar uns leões à unha, todos os dias.


Mas o que me leva a exercer uma atividade tão execrada e debochada pelas pessoas desatentas?
Não me considero um grande escritor, nem tampouco um excelente desenhista. Acredito que meu talento seja "suficiente" para entreter os leitores de forma coerente, lúdica e original.


IMPORTÂNCIA SOCIAL DO QUADRINISTA

A importância social do quadrinista esforçado (aquele que treinou incansavelmente, definiu um estilo e produz pra caramba), na minha opinião, é a de ser um INTERMEDIÁRIO entre os que ainda não costumam ler com frequência e as grandes obras literárias, estas sim importantes formadoras de caráter, consciência e conhecimentos.

É um fato que nem todos lêem hoje em dia: a correria está mais apurada do que nunca e o tempo que a maioria das pessoas dedica às redes sociais virtuais, acaba impossibilitando muita gente de criar o hábito da leitura física de "objetos para abrir e folhear". Nada contra as redes sociais que aproximam pessoas distantes e melhoram as relações entre todos que as utilizam corretamente, mas tem usuários que possuem sérias dificuldades para desconectar e fazer outras atividades, como se exercitar, interagir pessoalmente com alguém, se ocupar de algum hobbie ou praticar a leitura.


BENEFÍCIO DOS QUADRINHOS
As revistas em quadrinhos são uma leitura dinâmica e atrativa, onde se acompanha a trama de uma história ao mesmo tempo em que se contempla os desenhos e a evolução das feições faciais dos personagens à medida em que vão mudando os seus sentimentos. Uma leitura tão rápida e corriqueira, quanto interessante e digna. A consequência que os quadrinhos de bom gosto podem produzir é um aumento do gosto geral pela leitura e a dedicação de algum tempo diário para esta finalidade. Até o dia em que estes "não leitores (ainda)" estarão se informando ao ler as notícias completas de um jornal e não somente as manchetes, apreciando bons livros sem pular páginas e conhecendo clássicos da literatura por vontade própria.



BENEFÍCIOS DA LEITURA
Quem lê com frequência se expressa melhor, pois tem mais facilidade em encontrar as palavras certas que explicam os seus pensamentos do que as pessoas que não lêem. Quem lê com frequência é um pouco mais culto e informado. 
Procure ler autores diferentes, comparando as suas formas de pensar. Também busque temas diferentes e amplie os seus conhecimentos. O importante é dar o primeiro passo: comprar um livro e deixar na mesinha de cabeceira para ler um pouquinho todas as noites, antes de dormir. A revista CARTUM estará sempre disponível para dar uma forcinha àqueles leitores que ainda não frequentam livrarias como uma criança vai a uma loja de brinquedos.
LER VALE A PENA!!



2 comentários:

sandro minella disse...

Parabens Aldo pelo seu empenho e trabalho,sempre que encontro uma Cartum pela cidade levo pra casa,esses dias comprei a mais nova obra que conta a historia de Brusque ,ficou muito legal e com certeza passara para as proximas gerações !!
Continue sempre com essa garra,pois voce tem muitos leitores fiéis que estao sempre acompanhando seu trabalho,que na minha opiniao é um baita trabalho !!

revistas CARTUM disse...

Grande Sandrinho!! Obrigado por esta grande força, meu amigo!! Abraço!!

Revista CARTUM nº 121

Está chegando por aí uma revistinha em quadrinhos DE OUTRO MUNDO... Na edição 121, deste mês da Revista CARTUM, a Família mais engra...