quinta-feira, 19 de abril de 2018

LEITURA NA INFÂNCIA


Todos sabemos dos benefícios que a prática da leitura nos proporciona. 
O adulto que tem o hábito de ler, amplia o seu próprio vocabulário, aumentando a sua capacidade de argumentar e encontrar palavras que expressem o seu sentimento. Mas... e como fazer com que as crianças se tornem adultos que lêem?




É muito simples, basta DAR O EXEMPLO! É fundamental que os seus filhos, sobrinhos, afilhados, parentes, e os filhos dos seus vizinhos e amigos o vejam lendo, vez ou outra. Pode parecer besta, mas é mais eficiente um exemplo do que uma ordem obrigando as crianças a lerem.


Outra coisa que pode ser feita é ler habitualmente para crianças até os 7 anos de idade. A leitura durante a infância, amplia as capacidades cognitivas, sociais e de aprendizado. Nos primeiros anos de vida, especialmente de zero a seis anos, há mudanças decisivas na formação intelectual e emocional e, por isso, ouvir histórias durante esta fase da vida é fundamental para desenvolver várias habilidades: o raciocínio, a formação de opinião e o aumento do conhecimento sobre o mundo são algumas delas.


Na fase escolar, crianças que escutam histórias têm maior facilidade de aprender e de se concentrar, além de maior interesse no processo de alfabetização. Estudos mostram também que a prática da leitura de pais para filhos está relacionada à ampliação do vocabulário, e que a leitura em casa é importante para estimular alunos com dificuldades de aprendizado.

Escolha as historinhas mais simples da revista CARTUM, que você acha que o seu filho vai compreender e leia antes de dormir, explicando e enaltecendo alguns pontos que podem levar a alguma reflexão. E não esqueça das onomatopeias... CRÁS TUM POF... e das entonações emocionais dentro do diálogo.
Boa leitura!!

Nenhum comentário:

TEMAS ABORDADOS no Novo Livro

Neste mês de novembro estamos iniciando uma nova campanha de FINANCIAMENTO COLETIVO, para a impressão do novo livro falando sobre a histó...